Imagem do título
Reminiscências
Registros de fatos e eventos aqui perenizados, para a permanente evocação de nossa historia e tradições.
  • 24. Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito
  • A Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito de São Paulo, de tão caras tradições, presidida sempre por brilhantes personalidades que se destacaram nas Letras, na Magistratura, na Advocacia e na Política, durante anos a fio comemorou e participou dos grandes feitos cívicos e promovia sempre, em 11 de Agosto, ruidosa festa de confraternização de ex-alunos, promovendo almoços a banquetes memo-ráveis, durante os quais discursavam notáveis oradores. Simultaneamente a estudantada se espalhava pela cidade, comemorando também a data, a seu modo, "visitando" bares a restaurantes e ali praticando o tradicio-nal "pindura", brincadeira jovial que ainda vigora com mais moderação.
    Durante alguns anos, embora sem extinguir-se, a Associação dos Antigos Alunos, cujas sucessivas diretorias se reuniam em solo da Facul-dade, cedida pela Diretoria, permaneceu um tanto inativa.
    Felizmente, devido ao entusiasmo de amigos e queridos colegas, voltou a Associação a reviver ostensivamente em 1981. No dia 11 de Agosto desse ano voltou ao Solar das Arcadas, sendo ali inaugurada, no segundo andar, com a presença dos Secretários da Justiça e da Cultura, bem como do Diretor da Faculdade, Prof. Antonio Chaves, e de ilustres membros da Congregação e inúmeros advogados, uma sala especialmente destinada à tradicional agremiação.
    A Diretoria compareceu incorporada, assim constituída: Presidente de Honra - Ministro Pedro Rodovalho Marcondes Chaves; Presidente - Trajano Pupo Netto; Vice-Presidente - Eduardo Telles Pereira; Secretário-Geral - Pedro Brasil Bandecchi; 1 ° Secretário - Cláudio Gômara de Oliveira; 2 ° Secretário - Mário Antonio Menucci; 1º Tesou-reiro - Paulo Teixeira de Camargo; 2° Tesoureiro - Aloisio Lacerda Medeiros.
    Na oportunidade, externando a alegria que a todos avassalava pela reativação da querida Associação, discursou seu Presidente, Trajano Pupo Netto, no ato da inauguração da nova sala que, no prédio da Academia, foi destinada à entidade pelo eminente Diretor Prof. Antonio Chaves.
    Foram as seguintes as palavras proferidas por Trajano Pupo Netto:
    "Para nós, da Associaçâo dos Amigos Alunos, hoje é o retorno ao lugar de onde jamais deveríamos ter saído.
    "A colação de grau não é o rompimento com o passado, agradável e estimulante, de lutas a de conquistas, durante o qual haurimos ensinamentos superiores e exemplos dignificantes. Muito pelo contrário. É o elo sentimental, forte a consciente, que nos mantém jungidos à "velha e sempre nova Academia".
    "Que alegria estarmos de novo sob as venerandas, corajosas e indomáveis Arcadas, por onde passaram os mais notáveis e destemerosos vultos da História Pátria! Estimulados por exemplos tão dignificantes, saberemos honrar as nobres tradições desta Casa.
    "É preciso registrar, com nossos profundos agradecimentos, que deve-mos à compreensão, ao estímulo e à decisão do Prof. Antonio Chaves, Digníssimo Diretor, a nossa reintegração à Academia do "Território Livre do Largo de São Francisco".
    "Sob a égide do Direito encontra o homem o clima de liberdade capaz de levá-lo a viver com honra a dignidade. Para tanto, precisamos do apoio - que, estamos seguros - não nos faltará, de todos os nossos queridos colegas, antigos alunos, como nós. Somente assim estaremos à altura da grandeza da obra que nos incumbe, como advogados e como cidadãos."
    Já foi dado início à reestruturação da Associação, tendo sido promo-vida uma primeira atividade cultural, a Semana da História da Faculdade de Direito, em abril de 1981, revestida de grande sucesso. Em 9 de setembro do mesmo ano comemorou-se o Sesquicentenário do Nascimento de Álvares de Azevedo, com sessão solene na Faculdade de Direito e conferência do Acadêmico Pedro de Oliveira Ribeiro Neto.
    Rosas no Inverno - memórias, Lauro Malheiros, pág. 139.